• julia amadio

Não é tão ruim ir ao cinema sozinha

Eu assisti um filme sozinha no cinema!



Pela primeira vez em 18 anos (quase 19) eu tive a coragem de assistir um filme sozinha! Sai do trabalho em uma sexta feira 14h da tarde, entrei no metro e viajei até a paulista. Cheguei lá 15h. O filme começava 15h20. Comprei meu ingresso, desci e peguei meu mc donalds. Entrei na sala. Lotada. Os trailers já haviam começado. Sentei na minha cadeira: M 13. Não tinha ninguém do meu lado direito nem esquerdo. A 1 cadeira separando da minha havia um casal, bem bonito por sinal. Esperei até o início do filme, Mamma mia: Here We Go Again. O filme começou e desde então eu senti uma vontade imensa de chorar, eu só queria chorar, e não sabia o motivo. E nem tinha um motivo. Talvez tenha sido a emoção de estar lá, ou então foi a decepção de estar sozinha -por mais que eu queria- ou talvez seja pq o primeiro filme que eu assisti sozinha em uma sala de cinema foi um musical, meu gênero de música preferido! Mas eu consegui segurar. Durante o filme essa vontade ia e vinha, dava umas risadas no meio, cantei junto (até pq é abba né, a girl gotta love it). Por volta dos 30 minutos finais do filme eu desabei! Eu não tenho muita coragem de chorar quando tem pessoas conhecidas por perto, na verdade eu não tenho vontade de chorar com quase nenhum filme. Mas nesse, em especial, eu desabei, o final foi tão triste! Talvez eu tenha me identificado no final das contas. Donna Sheridan teve a sua filha, Sophie, sozinha, ninguém pra ajudar. Eu chorava, chorava muito. My Love, My Life. Que música triste. Abba por que? Qual a necessidade?



O filme acabou, eu levantei, sequei as lágrimas e sai finíssima da sala de cinema segurando o pacote de mc donalds que foi devorado no início do filme. Peguei o metrô e tudo que eu queria fazer era um flashmob de Dancing Queen com Colin Firth no comando!!

Não foi a primeira vez.

Já com 19 anos eu tive outra oportunidade: assistir Bohemian Rhapsody (o famoso filme do queen) também sozinha. E sim, da mesma forma que eu estava super animada para assistir mamma mia, a minha alegria ainda era a mesma. Na quinta-feira cheguei no shopping umas 14h. O filme começava 15h15 (qual o meu problema com filmes das 15h?). Comprei meu ingresso: M 11 (qual o meu problema com a fileira M?) e também comprei lanche como de costume. Cheguei na sala, sentei, ninguém do lado direito, nem do esquerdo. Mesmo assim a sala estava cheia. O filme logo começou. Confesso que dessa vez eu não chorei, mas a emoção vivida ainda estava lá. Porém um cisco QUASE caiu no meu olho em Bohem Rhaps (muitos que me conhecem sabe que essa é a minha música preferida da vida). Que filme, meus amigos, que filme!! Que homem e que banda! A alegria foi tanta que até playlist no spotify fui obrigada a criar.

Escrevi o texto de mamma mia há um tempo e revi o meu conceito, não acredito que estava decepcionada por estar sozinha, na verdade estava muito feliz. Fazer algo assim para você mesma é algo incrível e que deve ser apreciado e feito por muitos.

Quando eu disse para a minha mão na primeira vez que eu queria assistir um filme no cinema sozinha eu recebi um olhar julgador e nunca entendi o por quê. A experiência de ter sua própria companhia para alguma coisa tão legal como apreciar uma arte é algo que não tem como explicar, você consegue apenas sentir. Aliás, não tem muito o que fazer no cinema, não tem nem como conversar, então qual o ponto de não ir sozinho?

É muito importante fazer algo que a gente gosta na nossa própria companhia, e não se importar de ficar sozinha e entender que todo mundo precisa do seu tempo para respirar e curtir coisas que não são decorrente em nosso dia-a-dia.

Então eu deixo aqui a minha opinião e um pouco de experiência, junto com a o meu incentivo para irem ao cinema sendo a sua própria companhia e não se importando com mais nada. Já que logo após que o filme acaba, você vai levantar e voltar a viver a vida ao redor de todos que você conhece mesmo, por que não curtir um pouco a solidão (no bom sentido, por favor)

0 visualização

Receba as novidades

©2023 by Mrs Frost. Proudly created with Wix.com

  • Grey Spotify Ícone