• julia amadio

O legado de Elle Woods

"Look how far I have come without anyone holding my hand (...) You helped me find my way. There's still so much to learn, so many dreams to earn, but even if I crash and burn ten times a day, I think I'm here to stay I'm gonna find my way" Find my way - Legally Blonde the musical.



"Tente viver todos os dias igual a Elle Woods depois que o Warner disse para ela que ela não era inteligente o suficiente para a faculdade de Direito"

Que Elle Woods é uma das minhas personagens preferidas, isso já não é novidade, mas eu gostaria de explicar o porquê dela se uma grande inspiração em minha vida, com base em toda a história do filme e sua superação.


Elle Woods vem de um filme chamado "Legalmente Loira" onde ela é representada como uma garota loira, mimada e sendo caracterizada como burra - generalizando todas as personagens loiras que vemos por aí. A trama começa logo após seu namorado, Warner, terminar seu relacionamento: pelo simples fato dela ser só aquela garota loira de filmes típicos e não uma garota séria. Visto que ele vai começar a frequentar Harvard, uma das universidades mais prestigiadas DO MUNDO, ele diz que não quer ser visto como uma garota tipo a Marilyn, mas sim como uma igual a Jackie Kennedy. Arrasada, Elle está decidida que vai fazer de tudo para ter Warner de volta, ou seja, ela teria que ser aquela garota séria, e uma saída para que isso aconteça é: Harvard. Nessa passagem, encontramos a persistência, a vontade de sair da sua zona de conforto, mas lembrando que ela apenas faz isso para impressionar alguém.



Depois de tanto estudar (mostrando que o estudo é uma ferramenta poderosíssima!! You go, girl) Elle entra na famosa faculdade de Direito de Harvard, onde temos a típica frase - e uma das minhas preferidas - "Why? Like it's hard?" direcionada à Warner, após ele a questionar o motivo dela ter conseguido entrar na faculdade mais difícil do mundo, por que é obvio: uma garota, e ainda por cima, loira nunca conseguiria tal prestígio, assim como ela conseguiu. Ha ha.


Claro que, pelo fato dela ter todos aqueles adjetivos citados acima, ela foi muito julgada durante o seu primeiro contato com a universidade, (principalmente pela atual namorada de Warner, Vivian), visto que esta é feita para pessoas intelectuais, não para garotas loiras, californiana e mimadas (what a esteriótipo). Como Elle não estava acostumada com esse rítmo, era obvio que ela quebraria a cara logo de primeira, mas ela persistiu, ela correu atrás do seu objetivo (que era ter o Warner de volta) e ela estudou.



Além de tudo isso, a Elle também mudou, ela mudou o seu jeito de vestir, o que antes era rosa, agora virou cores escuras (mostrando o tom de seriedade), mudou o objetivo, antes Warner, agora passar na prova de estágio e podemos dizer que o seu amor também mudou, Emmett Richmond, um veterano que ajuda Elle e conquista o seu coração aos poucos.



Tenho a sensação que boa parte dessas mudanças ocorreram para que ela conseguisse se encaixar em uma sociedade divergente da sua. Elle não é essa pessoa, mas ela está se forçando a ser, porém é para um bem maior, não é mais por Warner e sim, por ela.


A jornada que temos de Elle Woods é fantástica, ela passa de uma garotinha mimada para uma mulher forte, que após tanto sofrer para tentar entender quem ela realmente era, ela se descobre. O melhor de tudo isso é que nem o Emmett, nem o Warner fizeram isso acontecer, eles apenas contribuíram para que todo esse processo ocorresse. Quem realizou tudo isso foi a própria Elle.



Terei que contar o final por aqui, pois acho importante para entendermos a personagem, então desculpa pelos spoilers.



Logo após Elle ter conseguido ajudar e ser a chave principal para descobrir um crime, Callahan, seu professor, tenta abusar dela, claro, uma garota bonita e burra, por que não né? E como qualquer menina nessa situação, Elle se sente traída, pois ela descobre que ele não a convocou para o estágio pelo fato dela ser boa e suficiente, mas sim por que ela era bonita, ela era um atrativo. Nós temos então a terceira grande decepção de Elle (a primeira foi o fim do relacionamento e a segunda foram os julgamentos). Com todas essas decepções nós temos a primeira tentativa de rendição, aliás, era obvio, uma garota assim não devia estar em Harvard, ela devia estar em Malibu comprando roupas e lendo revistas.


Mas coma ajuda de todas as pessoas que a apoiaram em meio de tantos julgamentos, ela decide ficar e assume, pela primeira vez, a responsabilidade de advogar em um grande tribunal.



E sim, Elle, que conseguiu amadurecer ao longo de seu tempo em Harvard se tocou que você não precisa mudar quem você é para conseguir administrar algo que você já faz bem. Ou seja, Elle não deixou de usar a sua marca registrada: a cor rosa, em um tribunal pelo simples fato de ser um fucking tribunal. Até porque, quem liga para isso? Não estamos aqui para julgas as suas escolhas e sim ao seu nível intelectual para conseguir defender alguém em um tribunal.



O motivo de eu admirar tanto essa personagem se resume em toda a sua trajetória, onde você acompanha uma garota que vai para Harvard para ter o seu amor de volta para uma garota que enfrenta um tribunal de rosa pink em defesa de uma causa que ela acredita. Elle Woods se tornou uma grande inspiração pra mim, tanto pela forma que ela estuda para conseguir o que almeja. Ela não desiste e quando ela está prestes a se render ela consegue sair por cima e arrasar com os seus saltos Louboutin.



Elle Woods me ensinou que tudo o que você mais deseja você pode conseguir, basta batalhar e trabalhar duro para que isso ocorra, além disso, ela também me ensinou que você nunca pode perder a sua essência e se levar pelos esteriótipos e julgamentos. Ou seja, se Elle Woods conseguiu ser uma advogada de sucesso foi porque ela se esforçou para isso e não deixou ninguém a colocar pra baixo, diante de sua aparência. We all should learn from her!!

Por isso eu nomeio todo esse post e o resumo em "O legado", pois, na minha concepção, ela passou tudo isso para nós e fez com que a gente (ou pelo menos eu) reflita sobre toda a sua história e as consequências que ela tem na nossa sociedade! (Não vou nem começar citar o segundo filme que passaria mais umas 2 horas escrevendo sobre ele hahaha)

E para terminar essa dissertação sobre essa incrível personagem, os deixo por aqui com uma frase:


"Você terá que passar pela sua fase Elle Woods chorando sozinha em sua fantasia de coelho para alcançar a sua fase Elle Woods chutando traseiros na faculdade de direito/vida"

Nota: desculpa pelo tanto de "Elle Woods" citados ao longo do texto, não consegui me conter

0 visualização

Receba as novidades

©2023 by Mrs Frost. Proudly created with Wix.com

  • Grey Spotify Ícone